Categories
Uncategorized

Vim encontrar um blogue choramingas

O pai é mau, não é? Até podia ter ido à net e não foi… Pois é, tadinho do menino adufinho. Mas os pais às vezes são assim, deixam os filhos bem entregues ou põem-nos a dormir depois de uma bela história de ninar e vão à vida deles.
O que é ir à vida deles? Isso querias tu saber blogue espevitado. Tudo a seu tempo. E agora vamos lá almoçar no local do costume que já havia uma certa saudade.

Bons olhos os leiam leitores e escrevinhadores “da vizinhança”.

9 replies on “Vim encontrar um blogue choramingas”

Regresso, trinfalmente,saudado, com uma lágrima
roxa dentro.

Queria, como é óbvio, ter escrito triunfalmente.
O grafema u recusou-se, rebelde, a casar-se com os outos. Teria sido uma forma de racismo grafológico? Que sei eu do que não sei? O que sei é que sou, linguisticamente, purista, e, como
poetisa, uma insurrecta transgressora.

Bom regresso Rui e Mónica.
Passar por aqui e ver o adufe completamente amarelo, sem textos… felizmente (ou infelizmente para o descanso estivais) Agosto já foi.
Um abraço!

Este Adufinho tem mesmo mau feitio.
Quando se vê abandonado, amua e reduz-se à coluna da direita. Mau génio, já se vê!
Bem regressados sejam para porem o miudo na ordem.
Abraço
PS. Então e a flor já é marmelo? 🙂

Olha o nosso irmão Adufeiro! Bem regressado seja!
Então essa marmelada? E esses tomates?
É bom que estejas de volta.

Um abração do
Zecatelhado

Comments are closed.