Categories
Política

Singular

Maria de Lurdes Pintassilgo hoje desaparecida.

Guardo com particular agrado as crónicas matinais que foi fazendo nos últimos anos na rubrica da TSF, “Como se visse o invisível“.

One reply on “Singular”

Acabo de ler a notícia na SIC-online (através do SAPO) e ainda estou chocado.

Com coisas de que discordava – há sempre alguma coisa ou alguém de quem discordamos pontualmente – admirava a sua forma de estar na política. Precisamos de vozes desalinhadas das correntes maioritárias, e ela era uma dessas vozes.

Fica um percurso rico, política e socialmente.

Comments are closed.