DREN: o poder do beijo*

" (…) Por tudo isto, contributos como o da directora-regional da DREN, entre o excesso de zelo e a falta de inteligência na gestão, são mesmo a última coisa que era necessária."

O "tudo isto" esta bem explicado no artigo integral de Pedro Adão e Silva n'O Canhoto.

*No meio de trânsito encontram-se por vezes pessoas agastadas, à procura de pretexto para descarregarem, por isso têm condução agressiva, buzinam. Lançam-nos o isco para nos travarmos de razões e como é sabido é muito difícil vencer quem está premeditadamente determinado a arranjar sarilhos, mas de vez em quando… De vez em quando convem fazer exactamente o que menos se espera. Soprar um beijo pode ter um efeito mais demolidor do que espetar o dedo. Isso e ter sempre presente o tal "Não faças ao outro o que não queres que te façam a ti."

1 thought on “DREN: o poder do beijo*

  1. Anónimo

    Segundo o DN de hoje, o tal do prof Charrua terá contado uma piada, sem graça nenhuma, envolvendo licenciaturas via fax. Segundo o 24 Horas, terá chamado filho da puta a Sócrates, em público, de forma repetida. Interesante, não é?

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.