Energia Nuclear

[3531] — «[É] cada vez mais indiscutível que, para além de tudo o que puder ser feito para acelerar o processo de produção de energia por via da opção nuclear, não se conseguirá quer a segurança no abastecimento, quer a competitividade das economias, quer a salvaguarda de valores ambientais globais sem se apostar na optimização e racionalização da utilização de energia, e no desenvolvimento e implementação de novas fontes.
Neste quadro tudo o que já está a ser feito e vai ser feito no sentido de utilizar mais energias renováveis e de encontrar novas fontes de energias "limpas" terá de ser incrementado com ou sem a opção nuclear de novo em cima da mesa.»

Rui Cerdeira Branco (Adufe, 5.1.2006: 3531).

1 thought on “Energia Nuclear

  1. João Tilly

    Pina Moura recua no assalto espanhol à EDP

    A Iberdrola acaba de ser forçada a recuar na sua estratégia óbvia de assaltar a portuguesa EDP.
    Pina Moura, enquanto ministro das finanças, autorizou a compra pela Iberdrola da actual posição que hoje detém na EDP. E agora, como é óbvio, o mesmo Pina Moura – o actual presidente executivo da Iberdrola – teria que ter assento no Conselho de Administração.
    Ao caricato desta situação em que se autorizou que a mega-empresa espanhola pudesse vir a controlar a sua concorrente lusa, em território nacional, soma-se o tresandar desta forma inqualificável de se fazer a chamada «política à portuguesa».
    Como é que um ex-super-ministro que foi pago para (e tinha a obrigação de) zelar pelos interesses soberanos do Estado Português se torna depois administrador de uma empresa estrangeira e parte interessada nos negócios com esse mesmo Estado; e ainda por cima tem a lata de fazer destas coisas, com todo este descaro, é uma coisa que nunca ninguém perceberá por esse mundo civilizado fora.

    Para além de todas estas funções é de salientar que Pina Moura é ainda o Presidente da Assembleia Municipal de Seia – a minha terra.
    Não sei se também será administrador de alguma multinacional espanhola interessada em fabricar (lá) o Queijo da Serra que depois se venderá aqui…

Comments are closed.