Um outro limiar de pobreza

Afirmações sem corolário:

Consulto as taxas de retenção na fonte do IRS para 2005 que acabam de ser aprovadas e descubro (após “celebrar” o primeiro aumento em quase três anos), que vou receber um aumento diário de cerca de 44 cêntimos de euro.

Mil milhões de seres humanos vivem com menos de 76 cêntimos de euro por dia. Ou melhor, não vivem, muitos deles simplesmente morrem antes de tempo (face a mim) por isso mesmo.