Lisboa – Atenas

A propósito do ciclo do carbono, da poluição e da utilização do automóvel, o Luis Bonifácio deixou aqui ontem uma frase que destaco. É uma banalidade dirão alguns, mas uma daquelas que não faz mal nenhum repetir:

Neste momento, Lisboa não tem os problemas de poluição de Atenas devido apenas a um acaso da natureza – a brisa constante, que sopra sempre no sentido Norte-sul e que dispersa a poluição.