Adufe 5.0

As armas do meu adufe não têm signo nem fronteira
Random Image

As armas do meu Adufe,
não têm signo nem fronteira.

Bem-vindo ao Adufe 5.0



…bl-g- -x-st-

Não é nada fácil encontrar quem consiga pensar fora do padrão seja pela situação seja pela sua antítese. O vizinho João Pinto e Castro surpreendeu-me desde a primeira hora em que o comecei a ler aqui pelos blogues no bl-g- -x-st- , precisamente pela sagacidade e capacidade de nos interpelar para um outro olhar tantas vezes bem mais rico e informado do que é habitual encontrar na opinião e reflexão alheia.

Recentemente creio que vinha escrevendo do melhor que se podia encontrar em termos de opinião na imprensa, em particular quanto a reflexão de política económica e de política pura, digamos assim, na sua crónica mensal no Jornal de Negócios. Textos a revisitar e que creio manterão atualidade, oferecendo várias pistas que nos convidam a rever muitas das habituais posições.

Pessoalmente cruzei-me com o João Pinto e Castro apenas uma vez, pelo menos naquilo que pudemos chamar de tempo de qualidade, nos intervalos de uma conferência a que assistíamos e foi bom confirmar que a imagem que construí pelos textos resistiu a qualquer tipo de pose ou fachada. O estimado vizinho de blogues e temível provocador no twiter, desapareceu hoje. Vai sentir-se a falta da sua opinião, vai ser mais difícil fazer a crítica construtiva do mundo político (e do marketing) em que vivemos. Quem habitualmente segue um pensamento político mais à esquerda vai ficar a jogar com menos um.

Foram muito estimulantes a trocas de opinião que pude partilhar até muito recentemente no twitter, sobre estatística(s), publicidade, inquéritos de opinião, política, política económica e futebol.

E que o FC Porto ganhe a supertaça.

Saudações leoninas.