Terras do Nunca para Sempre

Dear John,
Enquanto leitor desde os primeiros momentos (e mesmo que não fosse) atrevo-me a meter a colher na sopa a propósito desta reflexão.
Mil vezes o Terras do Nunca! O esforço de apartamento da águas levou a um estilo engraçadinho com muito menos graça do que o do passado. Até parece que o FrenchKissin’ se escreve exclusivamente para os que estão do outro lado da trincheira. Um desperdício.
Come back Peter Pan!

4 thoughts on “Terras do Nunca para Sempre

  1. Leonel Vicente

    Concordo!

    No Terras do Nunca, a ironia era muito mais fina, sendo ‘delicioso’ de ler.

    No French Kissin, a acrimónia parece denotar um tom mais… impaciente.

    Reply
  2. jmf

    Bom, Rui, lá por ter desancado os «teus» militares, escusavas de ter ficado tão zangado…
    A sério, vocês talvez tenham razão. O blogue acaba por reflectir mais aquilo que somos do que provavelmente desejaríamos. O french kissin corresponde a uma fase da minha vida em que a pressão de outros oficios (do oificio…) se faz sentir mais.
    Obrigado pelas apreciações.

    Reply
  3. Rui Cerdeira Branco

    🙂
    Sempre às ordens!
    Um abraço.

    P.S.: Gostei de “ouver” o clube dos jornalistas hoje, ainda que o debate tenha acabado a chamar amadores desprezíveis aos tipos da web 2.0 😀

    Reply
  4. Pingback: » Tentando Yoga

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.