O país na TV

Ok. O Ferro Rodrigues tomou um chá e partiu para o ataque, de telemóvel na mão!
De facto que melhor arma para um candidato a São Jorge, nos dias que correm… Mas onde estão as cabeças do Dragão?

O que eu sei é que o senhor vice-presidente do Conselho Superior de Magistratura (CSM) que se apresentou hoje no telejornal da RTP 1, nos deve tomar a todos por parvos. Sensatez, contenção e autoridade. Esta era a sensação com que eu devia ficar depois de ouvir uma pessoa com as suas responsabilidades que acedeu a falar na TV. Deveria…
Caríssimos que por aqui passem, partilho largamente a opinião que acabei de ler no Desejo Casar. Poupo o meu português e remeto-os para lá.

Concluo apenas que escasseiam as mentes equilibradas pela justiça portuguesa. Pelo menos entre as que se atrevem a falar.
Confesso que cheguei a uma fase em que a cada vez que um magistrado abre a boca (do MP ou Judicial) vou tremendo de pavor com medo que mais se abale a confiança que neles tinha…e tenho. Espero sinceramente que a equipa que está a lidar concretamente com o caso da Casa Pia esteja a fazer um bom trabalho. Só posso desejar isso. Isso e que se passe da necessidade ao acto, na reformulação dos procedimentos e no colmatar de lacunas do sistema judicial e dos seus códigos que são agora tão evidentes aos olhos de tantos. Tanta incompetência acumulada de tanta gente, visível em tão pouco tempo, é dose. Mas havemos de aguentar. Só coisas boas podem vir desta crise. Acreditem.