Adufe 5.0

As armas do meu adufe não têm signo nem fronteira
Random Image

As armas do meu Adufe,
não têm signo nem fronteira.

Bem-vindo ao Adufe 5.0



Chumbar aos 7 anos como medida de sucesso de todo o sistema de ensino

Só vota ao engano quem quer. Não são todos iguais. Recomendo vivamente esta peça do Expresso (ver em baixo). Contém factos, explica-nos o que mudou na avaliação escolar, como está a gerar efeitos perversos, como se despreza a sinalização dos mais frágeis e o seu apoio e como o atual Ministro da Educação acha que tudo isto está a correr como planeado. Chumbar cada vez mais alunos aos 7 anos não penaliza a avaliação das escolas. Chumbar é indiretamente uma prova de sucesso e não a comprovação do fracasso de cada escola. Já impedir os mais fracos de ir a exame para não penalizar os rankings da escola é uma vantagem, melhora o ranking.
Daqui se extrai que é com pesar que alguém lamentará: como seria bom que os alunos com dificuldades saíssem da escola. Aos 10 anos têm bom corpo para aprender um ofício. É preciso não esquecer que também isto fazia parte do plano de Crato que ficou (para já ) a meio caminho.

Expresso

Expresso

Por mais quatro anos de Nuno Crato à frente do Ministério da Educação

Era uma vez um governo que durante quatro anos se dedicou a concretizar uma progressiva e empenhada destruição de qualquer nexo na ação do ministério da educação provocando o caos na gestão das escolas e nas famílias com crianças em idade escolar a frequentar o ensino público. Ano após anos repetia-se uma bagunça com data marcada e em crescendo no início do ano letivo, ao ponto de este vir a começar largas semanas depois do prazo para milhares de alunos com consequências a prazo no seu desempenho e carreira escolar.

Referido este que é apenas o exemplo mais facilmente identificável de uma política educativa mais próxima da prática dos meados dos século XX do que das boas práticas correntes entre os países que invejamos em matéria educativa, a verdade é que este governo está muito satisfeito com a política educativa que prosseguiu. De facto, sempre apoiou o seu ministro até ao extremo da sua incompetência ao ponto de o manter até ao final do mandato. O que é que espera em matéria de educação para os próximos quatro anos de um novo governo do PSD/CDS? E quão importante é este tema para si no momento de decidir como votar?
Por mais quatro anos de Nuno Crato à frente do Ministério da Educação vote na coligação PSD/CDS.