Categories
Uncategorized

A vaidade anda à solta na blogo-esfera? Um feedback ao meu blogo é um poderoso ansiolítico?

Uma das discussões mais interessantes que encontrei na Blogo-esfera até ao momento está a decorrer aqui.

Ainda se anda em volta do sexo deste anjo com um umbigo muito grande mas a perspectiva de ataque ao tema tem um refinamento científico bem patente na riqueza analítica. Uma pitadinha de olho psico-social ele próprio de narcisismo mitigado (não se livra desta, pois o observador está mais do que integrado no meio que observa…). A não perder.

Contributo que deixei no Socio[B]logo para a discussão:

Eu quero testar a minha capacidade de cativar o outro. Sendo este desconhecido, eventual. O meu trofeu pode ser um comentário, uma prova de integração numa comunidade que pressuponho. É natural que a ansiedade surja e é também natural que possa revelar-se preocupante para algumas pessoas como lhes sucederia, aliás, em muitas outras situações de interacção social em que tivessem de gerir expectativas próprias e projectadas.
O tamanho do trofeu que eu quero condiciona-me a capacidade de atingir um outro estágio de relacionamento com o meio.
Passada esta adolescência na blogo-esfera é natural que a dicotomia que por aqui anda na berlinda dê lugar a outros estados de alma e a outras formas de gestão individual com o meio… Pelo caminho a ansiedade pode afundar alguns na dependência da dose diária de festinhas pelo pêlo, outros sofrerão de patologias diferentes, mas não creio que se descubra nada de novo para preocupar a psicologia clínica (di-lo um perfeito ignorante na matéria!)… Em que se destinguirá um insucesso de comunicação na blogo-esfera com um esforço fracassado de integração em qualquer outro grupo?

Categories
Economia

O Comércio Externo

Aquilo que exportamos dá cada vez mais para comprar o que importamos…e isso é bom mas…
Será que estamos a conseguir produzir aquilo que antes iamos comprar lá fora ou pura e simplesmente deixámos de ir às compras?
Últimos números do comércio externo português na página do INE, fresquinhos.

Categories
Política

Ele interveio no Estado da Nação

Note-se um dos melhores articulistas diários que temos: João Paulo Guerra
um excerto da crónica de hoje 3-Jul. Para ler tudo prima aqui.

“(…) Na torrente de verborreia parlamentar, é quase certo que ninguém considere importante levar ao debate do estado da Nação uma pequena notícia, vinda da OCDE e da UNESCO, que revela que os jovens portugueses têm uma baixíssima capacidade de leitura, o que é um dado significante em si mesmo e pelas suas consequências. Seria uma excelente oportunidade para ouvir o ministro da Educação conjugar o verbo intervir. Mas a gramática não é chamada ao debate e a educação, como o resto, vai resumir-se a números de ilusionismo.

À mesma hora a que os deputados estarão a cumprir o ritual – antes de seguirem para férias grandes com a consciência absolutamente tranquila – haverá milhares de portugueses à espera de uma consulta médica, em luta desigual com a burocracia da administração, a contas com as aflições da aritmética doméstica, em desespero pelo futuro dos filhos. A Nação, na verdade, não vai estar no debate do Estado. O debate do Estado da Nação faz-se de frente para as câmaras de televisão e de costas para o país real.”

Categories
Uncategorized

1. O que é um baião-de-dois?

O que é um baião-de-dois?
Respostas para aqui