Cócegas na barriga

Para ela apanhar o metro e depois o barco são a recriação diária da feira popular cheia de carroceis e comboios de brincar. Quando a primeira viagem – a de metro – termina, dispara com um gesto desafiante: “Mais? Sim?” Para logo se render a outra perspectiva: “agora vamos andar de barco”.
Deixo-a pela mão da mãe a correr rumo ao Tejo com um sonoro e efusivo: “Siiiiiiiiiim! Cócegas na barriga!”.

Passou a ser essa a alcunha do grande rio cá em casa. Quando algum turista estrangeiro me voltar a perguntar “What does Tagus River mean“, digo-lhe que em língua antiga quer dizer “cócegas na barriga”. Devido ao efeito das ondas, you know?

1 thought on “Cócegas na barriga

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.