Categories
Política

Chegam-me notícias de Lisboa

Ainda na raia de Portugal, num daqueles concelhos que acredita já só viver da comissão liquidatária que o Estado (português e europeu) aos poucos vai desmantelando, chegam-me notícias de Lisboa. O MEP vai para a rua em busca das assinaturas dos cidadãos eleitores que faltam para cumprir com os mínimos legais exigidos para a formação de um novo partido (7500). Em paralelo, decorrerão as acções de apresentação local que há alguns meses têm vindo a ser realizadas por todo o país, bem como, continuam os animados e frutuosos trabalhos internos de elaboração do programa político que apresentaremos ao País.
MEP - AssinaturasAssim, se ao longo de Maio um desconhecido lhe pedir para assinar de modo a patrocinar junto do Tribunal Constitucional a legalização de um novo partido pense duas vezes, olhe bem para cara de quem lhe pede esse gesto e se no final ao menos concordar que é possível fazer-se melhor politicamente por este País, assine dando um voto de confiança a outra prata da casa. Quem pode assinar? Quase todos os portugueses, mesmo os militantes de outros partidos, basta estar recenseado.

“O MEP vai iniciar uma série de acções de rua para recolha de assinaturas. Tendo como objectivo a antecipação do prazo de entrega das assinaturas para o final do mês de Maio, o grupo MEP, sempre com a Esperança que o caracteriza, pretende levar em frente esta meta ambiciosa.
Desde já está convidado não só a contribuir com a sua assinatura mas também a ajudar no processo de recolha, para isso terá apenas que entrar em contacto connosco através do mail secretariado[arroba]mep.pt
Para já o MEP vai estar no Chiado e Rossio já nos dias 1, 3 e 4 de Maio e no Paredão da linha de Cascais dia 11 de Maio.
Contamos muito consigo na construção da política da esperança!”

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.