Adufe 5.0

As armas do meu adufe não têm signo nem fronteira
Random Image

As armas do meu Adufe,
não têm signo nem fronteira.

Bem-vindo ao Adufe 5.0


Archive for March, 2008


E ganhou a melhor equipa

Por muito que custe reconhecer ganhou a melhor equipa, a equipa que levou o jogo para a arena onde é claramente superior, marcando penalties. Parabéns a ambos os guarda-redes que tornaram evidentes as azelhices dos marcadores. Parabéns ao Vitória, o de Setúbal, who else?

P.S.: aproveito o final da Taça da Liga para corrigir um mito que vai sendo difundido pela impresa, o mito de que só o Manchester United ganhou em Alvalade esta época, então e o Fátima não joga futebol?

O crânio de cristal – Arthur C. Clark

Na hora da sua morte uma reflexão apena aparentemente comezinha do João Caetano:

“Arthur C. Clarke foi o responsável por uma série para televisão que a RTP transmitiu num período da sua história em que não havia espaço para astrólogos nas folhas de pagamentos.”

Espreitando a economia

No Economia & Finanças vão-se multiplicando as pequenas análises a alguns produtos populares da praça, enumerando conselhos de poupança (como renegociar o seu contrato com o clix ou com a tv cabo ou mesmo com a Deco) e procurando identificar, em alguns casos desmontar, noutros recomendar, produtos financeiros conservadores.
Mas se a curiosidade é interpretar a economia destes dias, de momento recomendo o blogue de João Pinto e Castro em grande forma como o atestam os últimos posts.

Ontem o Sporting tirou uma pena do chapéu do Bolton

Post dedicado a todos os que aqui vêm em busca de comentários ao actual momento do PS e do PSD.

Em Maio de 2007, eis o que se dizia no Bolton (e noutros clubes médios ingleses) sobre o dilema de participar na Taça Uefa e na Liga inglesa quando o plantel não estica:

“‘Bolton will say the UEFA Cup is seriously not a gravy train. It may be a feather in your cap but that is about it.

‘I’d just play the reserves. I’ve picked my strongest team for the Premiership and rested players in the cups – it will be no different next season.’ “

Artigo completo aqui.

CSI Alvalade - Eva LarueBasicamente, neste artigo conclui-se sem grandes dramas aparentes que há uma correlação negativa entre os resultados na taça Uefa e na liga inglesa quando a equipa não é particularmente abastada. Conclui-se que em regra um mau resultado na liga inglesa significa não chegar ao dinheiro da liga dos campeões, nem sequer, em alguns casos, a novo apuramento para a taça Uefa. Ou seja, há que optar.
Em condições normais lusitanas, as medíocres equipas dos três grandes vão-se safando porque a concorrência fica sempre à distância. Este ano, particularmente graças a um espantoso e surpreendente Vitória de Setúbal (o Guimarães abandonou já as taças há algum tempo pelo que tem essa “vantagem”), o Sporting está a começar a provar deste dilema britânico que o Bolton ontem interpretou deixando peças chave da equipa em Inglaterra.
Em suma, e atendendo a que o Sporting está ainda em mais competições que qualquer adversário directo, vai ser particularmente difícil garantir o apuramento via campeonato às competições europeias sendo quase impossível chegar à liga dos campeões.
O jogo da próxima segunda-feira em Alvalade poderá aliás traçar-se com mais nitidez esse destino complicado.
eh eh ehQuer isto dizer que o Sporting está a atravessar uma crise? Que está a ter uma das suas piores épocas de sempre como parece transparecer de alguma imprensa? É absolutamente injusto retirar essas conclusões quando o próprio calendário desta época é incomparável.
Infelizmente (quem me dera!), não é normal na mesma época a Sporting chegar aos quartos de final da taça Uefa, ganhar a Super Taça, ser semi-finalista da Taça de Portugal e ir à final de outra competição disputada entre as 32 equipas profissionais dos campeonatos portugueses.
À luz das limitações do plantel e do orçamento e à luz do que equipas similares fazem em campeonatos com igual carga de trabalho e/ou mais competitivos, o Sporting está apenas à frente do tempo a nível nacional, ainda com a esperança de que a juventude da equipa e as singularidades do futebol português possam transformar em muito boa uma época que é já sem margem para dúvidas muito razoável em termos de resultados europeus e nacionais (à parte do campeonato).

Entretanto e apesar de historicamente chegar aos quartos de final ser bom, é preciso ter presente que na Europa dos qualificados o Sporting é claramente a cereja que todos queriam como adversário.

“(…) Rangers reward
Rangers FC survived a stern examination from another Bundesliga side, Werder Bremen, to reach the last eight and their reward is a quarter-final against Sporting Clube de Portugal, losing finalists against PFC CSKA Moskva in 2004/05. (…)”

in UEFA.

Saiu o Glasgow Rangers, a aguerrida equipa escocesa eterna adversária do nosso céltico verde e branco. Eu diria que (se não fosse Sportinguista) teríamos 40% de hipótese de passar mas como sou direi que serão de cerca de 5%, perdão, 95%. Em todo o caso, dificilmente poderíamos ter melhor adversário nesta altura da competição.

De entrevista em entrevista

Rui Marques, fundador e rosto público do recentemente criado Movimento Esperança Portugal tem-se multiplicado em entrevistas aos principais órgãos de comunicação social. A hostilidade imediata que tal movimento gerou por estas ondas teve como paralelo as ditas entrevistas que primaram pela correcção mas também pela acutilância por parte dos jornalistas. Longe de serem entrevistas fáceis parecem-me, contudo, um excelente cartão de visita do MEP.
Destaco particularmente esta concedida a Maria Flor Pedroso à Antena 1.

Porque é bom ser do Sporting?

Porque quando os dados não dão com a aposta, há sempre uma aposta ganha com esforço, dedicação e devoção ali ao lado.
Naide Gomes, Campeão do Mundo de Salto em comprimento (pista coberta).

Naide Gomes, Campeã do Mundo de salto em comprimento

And finally, she did it her way

And that’s a wrap. Good night and good luck.

In the end, a big fusion

Not quite indeed…

But the UK in not quite "dead" yet