A histerese na blogoesfera

A poucas semanas de estar há um ano em novo poiso, há ainda cerca de um quinto do total de links ao adufe que apontam ao velho lugarejo, provavelmente os referenciadores nem se aperceberão pois há um redireccionamento automático. Se por aí não vem dano, a “autoridade” mediática contada pelos links a um sítio ressente-se. As entradas pela porta das traseiras são ignoradas pelos classificadores da internet, não é António? O que pode implicar uma (ainda) maior obscuridade do lugar.
Vem isto a propósito da mudança de endereço do A Origem das Espécies ocorrida hoje. Link actualizado! Toca a assapar posts?
O que é a histerese.

4 thoughts on “A histerese na blogoesfera

  1. António

    Faz uma busca por “nao é António” sem as aspas e vê se o MB aparece 🙂

    Eu não percebo é porque o Francisco vai para o Sapo quando podia ter o seu domínio (não quero fazer publicidade ma escrevi como fazê-lo com 10/20 euros ano sem ter que instalar software, e pode ate mudar de plataforma de blog) e adandona aquele activo que é o seu domínio e todas as referencias para o seu site.

    Acho que ele esta pouco se importando para ter ou nao visitantes, no que faz muito bem, mas poderia tornar as coisas mais faceis a quem o quer seguir (feedburner, redireccionamento).

    Além disso não vejo qual a grande vantagem dos blogs do sapo.

    Reply
  2. António

    E tu daqui, contas ir para algum lado? 🙂

    Nossa, aquele comentário anterior está cheio de erros crassos… mais, ao lê-lo agora não me agrada nadinha o tom.
    Lá vai o Francisco fazer-me actualizar os meus feeds.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.