Da iluminura à minusculização das letras capitais

No início era a iluminura, agora a minúscula.
A iluminura garantia que não havia um livro sem bonecos.
A minúscula garante que nunca nenhuma letra poderá apresentar-se de fato e salto alto: vai tudo corrido a macacão e crocs, confortáveis mas monocromáticas.  

Encomendou-me este discurso um H barroco que se encontra apaixonado, qual narciso, pelas voltas e contra-voltas com que se apresenta maiúsculo feito a punho e calo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.