Categories
Economia INE Política

Primeiro Ministro "informa" que o défice é menos de tantos por cento.

"José Sócrates assegurou hoje que o défice relativo a 2006 ficará abaixo das previsões de 4,6 por cento do Governo, mas recusou que a folga orçamental possa servir para baixar já os impostos. (…) Segundo o semanário “Expresso”, o Governo tem já dados disponíveis que lhe permitem acreditar que o défice de 2006 ficará nos 4,1 por cento, 0,5 por cento abaixo das previsões do Executivo. (…)"

In Público.

Recordo que o défice a partir deste ano é apurado pelo INE (recorrendo à informação de base enviada pelos vários agentes do Estado) e que o trabalho ainda está em curso.

Incontinências verbais destas quando o INE (dotado de independência técnica e administrativa – mas não financeira) ainda está a trabalhar no assunto são, no mínimo, infelizes.

O INE divulgará a primeira estimativa do défice de 2006 nos próximos dias (até ao final deste mês).

One reply on “Primeiro Ministro "informa" que o défice é menos de tantos por cento.”

[…] A valor hoje apurado para 2006 (-3,9%) corresponde a uma perspectiva muito positiva e absolutamente inesperada, na sua dimensão, quanto à evolução do controlo do défice público aproximando-se o valor do estabelecido como meta para 2007. Na realidade, perante as tradicionais tangentes ou ultrapassagens aos objectivos planificados e predefinidos, é significativo que esta primeira estimativa fique tão distante pela positiva do valor com o qual o governo português se havia comprometido: 4,6%. Um muito bom momento (relativo a factos concretos) para o governo de José Sócrates. Esperemos que da próxima vez e para memória futura de futuros governos, haja mais contenção, serenidade e sentido de Estado nos dias que antecedem a divulgaç&ati…. […]

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.