Categories
Economia Política

Lâmpadas incandescentes vão pagar (mais) um imposto

Se não houver aqui criatividade excessiva, ou alguma luta de causas inconfessável por parte do jornalista, é caso para dizer: Read my lips: no more taxes

A justificação até é ponderosa mas permitam-me este formalismo: um imposto, é um imposto, é um imposto. Neste caso perspectiva-se mais um imposto. E logo depois de se ter subsidiado o preço da energia com mais uma pinhice recente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.