Lá se vai o PIB

"GM Europa recusou proposta para viabilizar fábrica [da Opel na Azambuja]" in Público.

No passado ano 2005, quando a produção da Autoeuropa manteve o seu ritmo de quebra e, consequentemente, as exportações da empresa diminuíram, a GM/Opel compôs o ramalhete nacional amortecendo de forma significativa a quebra no sector do material de transporte. 

Com o encerramento da GM Azambuja, muito dificilmente haverá dinamismo suficiente neste sector para mais do que contrabalançar as perdas de produção/exportações que se adivinham.

Atendendo ao peso do material de transporte nas exportações nacionais, é melhor começarmos a preparar-nos para dizer adeus à recuperação expressiva das exportações que se registou no 1º trimestre do corrente ano.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.