Categories
Política

Sem Abril, sem voz

E aqui tão perto: "The access to this website is blocked in the occupied Western Sahara and Morocco"

" A luta do povo sahraui pela sua autodeterminação – O Sahara Ocidental – antiga colónia espanhola do noroeste de Ã?frica – é o último país do continente que espera pela independência. Desde 1973 que a Frente Polisario (Frente Popular do Saguia El Hamra e Rio do Ouro) vem lutando por esse objectivo. Em 1975, a Espanha – a troco de algumas compensações económicas, nomeadamente na exploração das ricas jazidas de fosfatos de Bu Craa e dos recursos piscícolas da Zona Económica Exclusiva saharaui – abandona o território e deixa os, até então, seus cidadãos magrebinos à sorte da invasão dos vizinhos Marrocos e Mauritânia. A maioria da população civil foge para a Argélia onde, no extremo sueste do território, instala campos de refugiados. Em Fevereiro de 1976, a Frente Polisario proclama a República Ã?rabe Saharaui Democrática que, depressa, recebe o reconhecimento por parte de muitos Estados, em particular africanos. Depois de 18 anos de guerra, o Conselho de Segurança das Nações Unidas adopta um Plano de Paz para o Sahara Ocidental. Desde então, a Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental – MINURSO – controla o cessar-fogo, decretado em 6 de Setembro de 1991, e tem por tarefa a preparação do referendo de autodeterminação, que deverá colocar aos saharauis – e apenas aos saharauis – com direito de expressar pelo voto a sua vontade, a seguinte questão :"deseja a integração em Marrocos ou a Independência?"

in Sahrawi

Categories
INE Letras e Livros

O mercado do livro em Portugal

" (…) Um dos estudos a lançar pelo Ministério da Cultura, através do Instituto Português da Biblioteca e do Livro (IPBL), em articulação com o Instituto Nacional de Estatística (INE), a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) e a União dos Editores Portugueses (UEP), prevê a publicação, com regularidade, de dados sobre as tiragens e vendas para se conhecerem os números do mercado do livro. (…)"

Agência Lusa, 23/04/2006

Categories
Desporto

Telê Santana e eu criança

zico e junior.jpg

"(…) Devo, devemos todos, a Telê Santana aquelas horas de futebol no ano de 1982, para as quais olho quando tenho dúvidas se gosto de facto do jogo. Tenho gravada na memória a imagem de um Tardelli efusivo depois de marcar um golo na final contra a Alemanha e tenho também como primeiro desgosto sentido o momento em que a bola vem ter com Paolo Rossi no meio da pequena área no jogo dos 3-2 contra o Brasil. Mas tudo isso é nada comparado com a imagem daquele meio-campo que fazia tudo o que deve ser feito. (…)"

Pedro Adão e Silva n’O Canhoto.

PAS termina o post com uma frase que dedico ao jmf para ver se, ao menos, consegue dar-nos o benefício da dúvida:

"(…) Há uma frase que de tantas vezes repetida já foi perdendo o seu autor: “o futebol é o regresso semanal à infância”. Pois o Brasil de 1982 é o futebol e a infância. (…)"

Categories
Desporto

Futebol, uma história simples

Não conhecia esta história que é também um sinal dos tempos. Deixo apenas um excerto, o resto podem ler no Terceiro Anel.

"O FC United of Manchester (FCUM) sagrou-se Campeão em Inglaterra!!! Não, não se trata do poderoso Manchester United. Esse já lá não chega… Trata-se sim de um verdadeiro clube do povo fundado por cerca de três mil (!!!) adeptos descontentes do Manchester United pela total mercantilização do seu clube (e pela venda do mesmo a um magnata americano que até há pouco nem sabia o que era futebol – pelo menos aquele que se joga com uma bola e não com um melão)."

Categories
Blogologia

Baixa Autoridade

Uma forma de não ter problemas de consciência ou dilemas entre a Olívia Editora e a Olívia Autora aqui no blogue, nomeadamente com a promoção de amigos em outros blogues, é arranjar amigos de jeito. Quero dizer: amigos que mesmo que não o fossem mereceriam todo o destaque, ou por outras, pessoas com tanto mérito que gostariamos mesmo de ter como amigos. Agora não sei porquê lembrei-me do José Mário Silva

Enfim, blogamos egoisticamente, como sempre. Tudo isto para dizer que a Cláudia agora escreve em português e bem acompanhada.

Foi inaugurada há algumas semanas a Baixa Autoridade. Submeta-lhe um processo, aqui.

Categories
Política

Epitáfio a evitar

"Governou com o fulgor e a determinação necessários em 1995. Quis o destino que só tomasse posse 10 anos depois."

Categories
Desporto

Ficaram por marcar…

À séria acho que foram dois. Assim da mesma raça daquele com que o Porto se sagrou campeão foram uns quatro ou cinco, no mínimo.

De resto continua a selecção de jogadores do Sporting que merece continuar no plantel. Ontem houve mais dois ou três que devem ter tido a última oportunidade – havendo dinheiro… 

Categories
Blogologia

Ontem, no Palácio Galveias

A reporter fotográfica foi a vizinha Cláudia.

Fica ainda o público agradecimento à Miss Pearls por me ter convidado. Como podem ver pela imagem, foi uma reunião muito séria e soturna. Ah! E a plateia estava repleta de nicknames e de anónimos igualmente risonhos.

galveias-21ABR2006.jpg
Sobre o evento de ontem ler ainda a prosa no Espumadamente.

Nota final (e a despropósito): quis o destino que hoje fosse “aquele” dia. Tenho a certeza que por estas horas o portista ferrenho de barbas grizalhas que ali aparece está com um sorriso, no mínimo, como o que aqui se vê. É justo, justíssimo, buzina-me aqui ao ouvido a claque do Puorto que tenho cá em casa. Sem necessidade. Afinal, ter mau perder é só desperdiçar tempo precioso para garantir a próxima vitória. Venha o próximo!
Quanto ao restinho que ainda nos falta, amanhã conversamos, nosoutros.

Categories
Blogologia

Adufe versão "Caras"

Mais logo, (talvez) em absoluto exclusivo no Adufe, a fotografia oficial do encontro de ontem, recolhida pela Cláudia.

Categories
Blogologia

O enlevo e o alambique – mais contributos (rev.)

Na sequência do post original e deste post-comentário trago para entrada o contributo do Homem das Neves (autor devidamente identificado 🙂 que me parece complementar de forma pertinente a palete de críticas-encómios que por aqui vai:

"Ontem estive aqui e ainda comecei a escrevinhar um comentário mas acabei por desistir, ultimamente ando a pastar a vaca e não sai muita coisa de jeito. De qualquer maneira aqui ficam os meus dois centavos.

O c**** do huno confirma-se como uma das cabecinhas mais reluzentes da blogoesfera. Ele tem toda a razão quando se indigna por JPP trazer e expor os trolls até ao jornal. Não só eles não lhe podem responder como mexe com as pessoas visadas (vejam o 2º email da "maloud" que ainda nao vi publicado no abrupto, está na GRANDE LOJA).

Eu li rapidamente e mal o texto original mas também me parece que ele está a tentar impor a sua visão na questão do anonimato/vs. autores com nome. Parece-me que ele quer usar de um meio apenas ao seu alcance (e de poucos outros, quase todos com uma quota parte da sua influência) para desvalorizar os argumentos em contrário. Não quero entrar por aí mas existem razões muitíssimo válidas para usar um nickname, eu escrevi sobre isso no passado (http://mouronacosta.wordpress.com/2006/04/04/em-defesa-dos-nicks/ ).

Depois ele faz outra coisa, ainda pior: coloca o texto no blogue com ligações para os artigos citados, o que em si é excelente, parece-me absurdo que nos media falem que há um site sobre isto e nem sequer apresentem a url; mas ignora explicitamente os blogs da Zazie e de outros desses comentadores que incluem blogs na assinatura ou disponibilizam links no perfil do blogger. Os linques que ele coloca no seu texto servem para ampliar o efeito redutor no seu discurso – estes são comentadores, porque eu assim o determino, e a essa condição os reduzo. Já para nem sequer falar no direito ao contraditório.

E falando em comentadores de blog qual a diferença entre os que ele indicou e os "carlos" ou "madalena" que enviam frequentemente textos para o abrupto? Será o não se sujeitarem aos humores de um editor?

No resto concordo com o teu comentário Rui, agora post, aprendi bastante com o abrupto e acho que ele é, por norma, uma pessoa aberta e inteligente. Há uns tempos enviei-lhe um email a alertá-lo para um problema com o rss (erro no url) e em menos de duas horas ele publicou o feed completo."