Categories
Blogologia

Yahoo!!!

O LNT parece que não gosta de mim, gosta mais do Rui. É lá com ele. Mas o LNT também não gosta de micro-causas, pois ora toma:

"FIFAworldcup.com já tem versão em português" (Diário Digital)

(Brevemente aqui).

Vergílio Poltronas 

Categories
Economia

Uns mais globalizados do que outros II

De facto não sei onde estava com a cabeça quando emprestei conselho, ali em baixo, dirigido aos amiguinhos trabalhadores da AutoEuropa.

O problema está em vias de resolução e não exige procissão rumo à embaixada Alemã. Basta apenas que a Península de Setúbal seja oferecida como enclave ao Estado Federal da Baixa-Saxónia. Como podem imaginar esta solução é bastante mais eficiente (é uma autêntica solução global) e provavelmente mais eficaz. Um dia o Golf ainda há-de ser produzido em solo ex-português!

Vergílio Poltronas

Categories
Uncategorized

Directo da poltrona

Apesar de ser preguiçoso não renego a uma ou outra traquinice. Por exemplo, faço questão de ir jogando o Europa Universalis II enquanto estou llendo o "Uma História Suja" a.k.a. Moleskine, do Luís Supulveda.

Categories
Economia

Uns mais globalizados do que outros

Olá, bom dia!

Notícia do dia:

"As negociações entre a administração da Autoeuropa e os trabalhadores da fábrica do grupo Volkswagen referentes ao acordo salarial estão num impasse, o que está a pôr em causa a permanência da Autoeuropa em Palmela. (…) A permanência da Autoeuropa em Palmela está em causa, quem o afirma é Julius VonIngelheim. Em declarações ao «Diário de Notícias», a propósito do impasse a que administração e os trabalhadores chegaram nas negociações para o novo acordo laboral, o director de recursos humanos da fábrica do Grupo Volkswagen considera que, só por si, os «óptimos índices de desempenho da Autoeuropa não garantem a sua permanência para o futuro»." in JNeg

Amiguinhos trabalhadores da AutoEuropa, um conselho emprestado, antes de pedirem melhores remunerações e condições de trabalho que tal irem todos em fila à embaixada Alemã pedir para mudarem de nacionalidade? Quando estiverem a preencher os papeis não se esqueçam de pôr a cruzinha no Estado Federal da Baixa Saxónia. É que sem isso não têm hipóteses, vão lá ser competitivos para a China!

Vergílio Poltronas  

Categories
Uncategorized

O idiota

Um dia, se não foi já ontem, ainda se há-de publicar um livro repleto de inícios de livros de ficção. Inícios originais, a menos de uma coincidência, naturalmente. Algo que se pudesse ler na biblioteca ou comprar num hipermercado.

Publicidade eventual:

Se quer escrever e não sabe por onde começar, este é o livro indicado para si. Fuja ao pânico da página em branco. Os primeiros parágrafos são por nossa conta. Por apenas 9,95 €.

Eu acho que era capaz de escrever um livro assim, mas depois ainda me chamavam contista e eu não sei se gostaria. Ou então ainda pensavam que tinha entrado para o mundo da escrita criativa (que nome tão cheio de piadas).

O mais engraçado é que tenho a certeza que ninguém iria pegar em começos alheios. Pelo menos assim à descarada, num livro feito à medida para ser plagiado. O que é diferente de achar que o livro não teria saída… Afinal somos mais um país de idiotas do que de entrepreneurs.

No meu caso sou um idiota preguiçoso. Quem me tira a poltrona, tira-me quase tudo.

Vergílio Poltronas (o verdadeiro)

P.S.: Ah! É verdade, o Rui foi de férias por uns dias e aquele meu quase homónimo (o Virgílio com i) que andou por aqui a escrever umas bacoradas sobre a Ota também foi dar uma voltinha de avião até Itália para ver o que é bom para a tosse. Eu fiquei a tomar conta do tasco. O adufe nunca mais será o mesmo. Mua-ha-ha-ha-ha!

Pronto… Já passou.