Conselho de amigo

Eu se fosse ao Público respondia… Ainda tenho nos ouvidos a resposta esfarrapada de Nuno Pacheco aos microfones de uma rádio justificando a veracidade da sua notícia com considerações sobre a forma da reacção do PS às notícias do Público. Um exercício carente das provas decisivas ao pior estilo do mais paranóico e desbragado blogger. Pelo menos, até ao momento em que se responda cabalmente às justas perguntas de quem quer acreditar num jornal de referência…

E as perguntas formuladas pelo Bloguítica são: PODE O JORNAL «PÚBLICO» SFF ESCLARECER COM QUEM É QUE FÃ?TIMA FELGUEIRAS MANTEVE CONTACTOS NO SECRETARIADO NACIONAL DO PS? QUANDO É QUE ESSES CONTACTOS TIVERAM LUGAR? QUEM É QUE INFORMOU JAIME GAMA PREVIAMENTE DA LIBERTAÇÃO DE FÃ?TIMA FELGUEIRAS?

Nestes momentos é particularmente saudável recordar os bons exemplos, como o dado recentemente pelo Jornal de Negócios envolvendo Manuel Pinho. O jornal denunciou-o como fonte que mais tarde desmentiu a notícia. O leitor ficou a saber exactamente com o que contar de parte a parte, ainda que não tenha informação previlegiada para julgamentos absolutos. Com o caso do Público que aqui se elege como mero exemplo há um mundo de diferenças.

2 thoughts on “Conselho de amigo

  1. hDN

    é isso mesmo q me dói, ver o jornal a dar tiros continuos no pp pé.

    Eu tb estava â escuta da tsf nesse dia, devia haver futebol mais tarde 😉

Comments are closed.