Menos Público

O prognóstico estava feito, o balanço confirma-o. Di-lo o Nuno da Aba e digo-o eu.

“Antes, quando podia aceder ao conteúdo do jornal Público de graça, comprava-o e lia-o mais vezes do que agora. Dei conta disso hoje, quando reparei que há já vários meses não lia o Miguel Sousa Tavares na edição de 6a feira. Li-o hoje, porque não sei porquê deu-me para comprar o Público, algo que pelos vistos já não fazia há muito tempo. Antes comprava-o todas as 6as feiras, agora quase nunca, é o que constato.”

1 thought on “Menos Público

  1. Paulo

    Interessante … eu comprava o Público ao fim do dia quando lia coisas com interesse no site do jornal e fazia-o por dois motivos:
    1. Para ler com mais calma ou noutra altura (sim, eu sei, podia imprimir o artigo mas ver o motivo seguinte).
    2. Ajudar a suportar financeiramente a empresa, de modo a poder continuar a usufruir da informação …

    Interessante … não tenho lido o jornal, só quando me cruzo com ele por mero acaso …

Comments are closed.