O que é feijão-de-corda?

Este dia tem sido intenso, nem um vigésimo vai passar para o blogue (pelo menos não hoje). Digo-vos apenas que por mail vieram várias mensagens que agradeço, uma delas publicamente, à Eliana Arp que teve a gentileza de deixar por escrito a resposta (mais uma) à pergunta fundadora deste weblog, a saber: O que é um baião-de-dois? (2 de Julho de 2003)
Fica a receita:

Baião-de-dois é o prato que o Nordestino adora. Só tem uns detalhezinhos: tem que ser feito com feijão-de-corda, que deve ser cozido antes do arroz e depois temperado com bastante cheiro-verde, torresmo, queijo e servido com paçoca ou carne de sol.

Ingredientes:
– 2 xícaras de arroz
– 2 xícaras de feijão de corda
– 1/2 xícara de manteiga de garrafa
– 200 g de queijo de coalho
– uma pimenta de cheiro amarela
– 1 pimentão verde picadinho
– salsinha picadinha
– coentro picadinho
– 1 cebola grande picada
– 4 dentes de alho picados

Modo de preparo:
Cozinhe o feijão somente na água e sal. Cozinhe o arroz normalmente, de forma que fique branco e soltinho. Aqueça uma frigideira grande e coloque a manteiga. Frite o pimentão, a cebola e por último o alho. Coloque o cheiro verde e em seguida o feijão sem o caldo. Deixe refogar um pouco. Acrescente o arroz, misture bem e adicione 2 conchas do caldo do feijão. Rale aproximadamente meia xícara do queijo e, o restante, corte em lascas e acrescente à mistura na frigideira. Vá misturando tudo delicadamente de modo que os ingredientes se incorporem e fique bem úmido. Sirva em uma travessa (de barro de preferência) salpique com cheiro verde e o queijo que você ralou.

Eliana Arp

ADENDA: sobre o feijão-de-corda leia também esta entrada (siga a ligação aqui).