CDS-JRC

Acompanhei a agitação centrista em congresso ao de leve. Ouvi um discurso de José Ribeiro e Castro (JRC) e outros de Telmo Correia. Junto-lhe a isto algum conhecimento da carreira política de ambos e ao que chego? Apetece-me repetir o que aqui escrevi há dois dias sobre as autárquicas quando da proposta de Carmona Rodrigues: o cenário eleitoral para os lisboetas portugueses é agora bem melhor de que era ontem.
Estando bem longe do CDS, acho que há uma qualquer coisa que se ganha na qualidade da política com JRC na liderança face à antítese do político de que precisamos representada por Telmo Correia (há muitos Telmos Correias em vários partidos, note-se!).
Não quero com isto dizer que José Ribeiro e Castro seja o melhor paradigma, tal como Carmona Rodrigues também não o é, contudo, face às alternativas, respira-se um ar um pouco mais puro na política portuguesa.
A oposição sai valorizada e ao PS exige-se que se mantenha em bom nível.
Os próximos dias permitirão perceber melhor o que será este novo CDS no xadrez político.