A impossibilidade do extremo

Passo por esta prosa no País Relativo sobre a incrível Professora Doutora Maria do Carmo Seabra e pasmo incapaz de identificar o pior dos últimos governantes, o mais inacreditável.
Nem “a arrepiante e proverbial naturalidade dos inconscientes” foi uma originalidade desta ministra. É já impossível encontrar por palavras um extremo “mais extremado” que o anterior para relatar a indignação dos democratas. Essa é que é essa.
Sublinhar o citado texto do post anterior está entre o melhor que posso fazer por estes dias.

1 thought on “A impossibilidade do extremo

  1. congeminações

    Esta ministra, logo após a sua tomada de posse
    demonstrou logo a sua incapacidade de gerir o ministério, face ao problema que se lhe deparou
    no processo de colocação de professores. Soubemos
    recentemente o quanto isso custo aos cofres do erário público. Não seriam necessárias mais provas para que ficasse demonstrada a sua total
    negação para o exercício do cargo.

Comments are closed.