Adufe 5.0

As armas do meu adufe não têm signo nem fronteira
Random Image

As armas do meu Adufe,
não têm signo nem fronteira.

Bem-vindo ao Adufe 5.0


Archive for September, 2004


A dar horas

Outra colecção recolhida pelo mundo fora, essa sim verdadeiramente fenomenal, é a que os FísicosLX têm promovido no seu espaço após as devidas pesquisas neste “meio de transporte” através do qual comunicamos.
Relógios de Sol, já espreitaram? Há por lá exemplares bem mais portáteis que este…

Relógio Equatorial

"Regressando" a Guimarães

Volto às aldrabas e às imagens que a leitora Ana Rita nos enviou de Guimarães.
Numa moldura de granito, cravadas em sólido castanho (?) temos mais uma digna forma de dizer “vem lá gente”. Amen.
Centro Histórico de Guimarães - Ana Rita - Setembro de 2004

Yahoo Google Mozilla…

O blogue mai lindo e mais útil na blogoesfera nacional está em nova morada.
Quem sabe, sabe… Agradece-se a generosidade das dicas.
Visita absolutamente obrigatória para quem tem curiosidades digitais.

A "questão" Seguro

Ó amigo, o que é que objectivamente significa ser posto borda fora pelo actual secretário geral?
Ferrete: “Não Utilizar = Não Presta”?

Se o senhor Seguro faz este tipo de contas anda a desperdiçar engenho.
Tem feito um excelente trabalho na bancada e não afrontou Sócrates na corrida, logo não se demarcou o suficiente para justificar problemas de comprometimento com outra orientação política.
Se for posto a andar é bom que a alternativa seja melhor senão é um começo mal fadado para o novíssimo secretário-geral. Não sairá por demérito, outros terão de justificar essa opção.
Enfim, acho que por vezes se exagera. Alguma linearidade de vez em quando até nos leva ao caminho mais curto… para o bem comum.

Não haverá outras limpezas bem mais importantes a fazer?
Arrastar todo aquele PS que o elegeu é impraticável.
Tentará Socrates a quadratura do “circo”?
Durante a campanha não vi um único facto que me consolasse. Aliás, o que se disse nos primeiros artigos de jornal permaneceu como a declaração política mais relevante. Muito pouco para construir a esperança entre os atentos simpatizantes. Estamos ainda atentos, esperando novas durante mais uns tempos.

The question mark still endures!

T-E-S-E

Os jornais acumulam-se, a televisão ficou desligada, recordo uns vagos ecos da vitória de Sócrates e do vazio do Sporting.
À frente do olhos sempre o mesmo screensaver ao longo das últimas 48 horas. Quase o mesmo que me recebe para mais uma semana de trabalho. Hoje vou moderar a coisa não vá desenvolver uma definitiva alergia ao computador.

Entretanto a ver se vou comprar um Mafra para barrar com a rapadela da panela.

P.S.: Hoje o despertador matinal foi a crónica de João Paulo Guerra no Diário Económico.

Mundo cruel…

Aproxima-se o dia do seu fim e continuamos sem saber se José Sócrates sabe estrelar ovos.
Eu não me conformo.

Chapeau do dia para…

…o Paulo Gorjão e seus dilectos leitores (entre os quais me incluo) por esta palavras:

CARDONA, GUTERRES E A CGD

Síntese de Conjuntura

A Ana é uma cartoonista de mão cheia. Acabou de ganhar um prémio do XIII Festival Internacional de Cartoons da Amadora.
Afinal de contas as pessoas não são números e há muitas sínteses a fazer 😉
É desta que tenho de ir ao festival cou ou sem Maurício de Sousa!

Os gregos fizeram batota da grossa

Eurostat Certifica Contas Nacionais mas Questiona Fiabilidade das Estatísticas in Público

Sabe estrelar um ovo? (act.)

Há perguntas e inquietações que podem definir a história contemporânea de um país.
Por cá saber “Onde é que você estava no 25 de Abril de 1974” era a pergunta que maior identificação nacional gerava.

Até hoje…

(há mais uns pedaços de prosa na GLQL, uns repetidos daqui e outros nem tanto)