The Ultimate Holmes!

Jeremy Brett como Sherlock Holmes
Ai pelos meus dez aninhos uma outra influência televisiva fundamental: Sherlock Holmes da BBC. Depois de grande fanatismo juvenil resisto a comprar um Tio Patinhas, penso muito bem antes de dar mais de 70 € pela colecção da Galactica e, contudo, quanto a Sherlock Holmes…

Aos poucos vai-se compondo a colecção cá em casa, e também aos poucos vamo-nos deliciando com absolutamente tudo na série – felizmente é um “culto” que partilhamos cá em casa :-).
Os textos, a representação, a banda sonora, a recriação da época, o suspense e as personagens… Naturalmente já devorámos os livros, mas isso já ocorreu mais tarde.
Confrontando-me com a série descubro que não “envelheceu”, antes pelo contrário. A qualidade do som e da imagem dos DVD é absolutamente referencial para muitas séries e filmes que por aí andam. O “produto” foi feito com esmero e hoje mais de 20 anos passados sobre as primeiras filmagens temos nas nossas mãos um clássico da televisão.

Se algum de vós me conhecer e me achar ligeiramente snob, a culpa é seguramente daquele personagem excêntrico 🙂

5 thoughts on “The Ultimate Holmes!

  1. Isabel

    Quando for a Londres não deixe de ir ao Museu do Sherlock Holmes.
    Quase que acreditamos que o personagem existiu de verdade.

  2. Aristarco

    Também adorei a série e os livros. Sir Arthur Conan Doyle não era um homem vulgar… Nem Jeremy Brett era um actor vulgar…

  3. Mário

    Rui, essa série, tal como Briddshead e The Jewell in the Crown, foram séries possíveis graças a investimentos bem fortes, hoje são impossíveis de repetir. Gozemos esses DVD’s, que durante anos apenas as gravações em vhs nos permitiam rever essas pérolas.

  4. Rui MCB

    Aristarco: É, Jeremy Brett era excepcional!

    Tens razão Mário. Cá por casa então nem se fala em ter séries assim.

  5. Nuno Custodio

    Watson!!!!Absolutamente fabuloso!!!Devorei os livros em Teenager, e agora devoro os DVD’s, espero que um dia editem a Box Complete Sessions!!!

Comments are closed.