As 25 Horas de Abrantes

Está-me a parecer que no próximo Domingo, quando as 25 horas de Ânimo non-stop já estiverem a rolar (começam às 17h de Sábado) vou passar por Abrantes e deixar lá um abraço (e um copito de licor vazio) ao António Colaço
A caminho da Beira Baixa, de terras de Penamacor.

Por falar em Penamacor, é famosa pela sua antiga prisão, hoje convertida em Museu e edifício de funcionalidades públicas menos agrestes. A vista que se tem lá do cimo, do “alpendre” do antigo edifício, é das mais impressionantes do país. Destaca-se a imensa charneca a anunciar o Alentejo com um horizonte de largos quilómetros e a irregularidade geológica que é Monsanto, de punho fechado ali mesmo à beira.

E agora de volta ao stress. Nunca mais é Sábado…

1 thought on “As 25 Horas de Abrantes

Comments are closed.