Categories
Blogologia

"An almost blind date" bem sucedido

Se em todos os “blind meetings” para que fosse convidado recebesse tantos mimos não queria eu outra coisa…
O Prémio

Quiseram o António Colaço e demais leitores da Ânimo premiar o melhor blogue de 2003.
Foi um belo pretexto para uma noite bem passada entre boa comida e boa gente; gente dos blogues e não só!
Pusemos bonecos nos nomes, provamos de alguma forma que é muito fina a armadura que nos afasta quando vagueamos pelas calçadas impessoais de boa parte da nossa vida.
Com afectos e sinceridade podemos dar muito ânimo à existência de cada um. Uma banalidade pouco banalizada?
O licor foi o símbolo, assim como a bela embalagem recheada que eu e o João Pedro Henriques tivemos o prazer de receber.
O recheio
Um último brinde aos que estiveram ontem em Campolide e aos que com gosto lêem e/ou escrevem, a todos os que andam nesta surpreendente blogoesfera.

P.S.: Um nota final para o Frederico, jornalista, que também por lá esteve e que tem um blogue com pronúncia do norte com quem partilho o gosto pela leitura do Abram os Olhos (o blogue em que votei na eleição da Ânimo).
P.P.S.: Já me esquecia de agradecer os simpáticos parabéns que me têm chegado: do LT do JGS, do Marujo e de todos os que passaram pela caixa de comentários.

17 replies on “"An almost blind date" bem sucedido”

Muitos parabéns! 🙂 Sim senhor!
Tive imensa pena de não poder ir, estive mesmo para me organizar, mas babysitting à última hora é impossível…fica para outra ocasião.

Pois… Muitos parabéns. E que inveja! esses licores têm mesmo bom aspecto. Já agora, também leio devotadamente o Abram os Olhos. Excelentes contos. Ficavam mesmo bem nas estantes cá de casa.

Parabéns Rui, pelo merecido prémio!
Já agora, também eu considero o “Abram Os Olhos” o blogue mais bem escrito da blogoesfera portuguesa.

Parabéns Rui. O prémio é merecido, o restaurante que bem conheço possui os célebres licores, e a caixa, bem a caixa tenta fazer inveja aos doces da avozinha.

Caro Rui,

Um grande abraco e os meus sinceros parabens.

Sff de partilhar a pinga com a malta da blogosfera…

Um abraco,

PG

🙂 Obrigado!
Infelizmente não dá nem para partilhar a pinga nem o perfume.
O máximo que poderás dizer é que “já sentes o cheiro do licor de poejo” como dizia o Fernando Nogueira sobre o Poder poucos dias antes do Guterres “beber” a vitória nas legislativas.

(Tinha que responder bloguiticamente não é verdade?)
🙂

Parabéns Rui, não pude ir por compromissos previamente assumidos, mas tu mereceste plenamente a distinção!

Um grande abraço!

Meu Caro Rui
É imperdoável não ter tido conhecimento deste evento. Só vi agora e aqui estou para um grande abraço de parabéns. Merecido. E o Rui sabe bem como eu sinto o seu contentamento.´
Vamos continuar. E muita alegria, todos os dias.
Manuel

Ora aí está, um belo e merecido prémio. Mas, como e quando é que se preparou isto? Nem dei por nada; bem, tenho andado cheio de afazeres.
CC

Comments are closed.