Saber escrever

Esta semana no emprego alguém disse que os letrados (licenciados em letras) sabem escrever muito melhor que as pessoas da ciência.
Não concordei com a afirmação. Em média espero que seja verídica, é sinal que a formação mais especializada serve para alguma coisa, mas no top 10 de representantes de cada área (se esse top existisse) não me parece nada que assim seja. Como economista até me acho representante de uma “classe” algo híbrida entre os dois campos, não defendo nenhum dama nesta pequena querela sublinhe-se.
Dizer-se que um físico não pode ser o melhor ensaísta, um médico o mais excelso novelista, um matemático um belíssimo poeta é um exagero.
Ora espreitem lá estas palavras bem oportunas por estes dias de António Gedeão sobre Galileo (oferecidas pel’a-metamorfose).

Destaque do Dia do Adufe: a entrada Manifesto.