Helsinki

Na Finlândia vive-se por estes dias, por estes últimos anos, a época mais gloriosa da nação… E trata-se da história com dedicação e orgulho nacionalista.

Ao largo de Helsinquia, à distância de um quarto de hora de ferry, por entre baluartes e enseadas, Suomenlinna recebe os novos invasores: famílias completas, turistas, pequenos em visitas de estudo, militares em exercício físico, pescadores, escuteiros, alguns afortunados mas humildes residentes – assim o revelavam as suas casas – e gaivotas.
Fica a imagem de uma saudade.