Ao nosso querido "jornalista"

Ao nosso querido “jornalista” Luis Delgado

Pus-me a olhar para trás e com este são 12 os post que aqui deixei desde a meia noite de ontem. Entre destaques a notícias, páginas na net e textos exclusivamente esgalhados por este que vos escreve. A qualidade e o esforço despendido variam de acordo com quem lê e com quem escreve, bem entendido. E como eu há muitos outros nestes preparos que, pelo caminho, ainda justificam o ordenado no respectivo emprego, asseguram com todo o gosto o seu quinhão de prazeres / deveres de um lar a dois (ou a mais) e aqui voltam no final do dia a bater records de parágrafos na blogoesfera sem que disso tenham consciência (salvo esta excepção que aqui vos apresento).
Como deve estar preocupado o nosso Luis Delgado. Recomendo-lhe desde já que reforce o plano poupança reforma o quanto antes pois a mão invisível do mercado está a demorar a agir por aqui… Nem uma alminha a pedir um subsídio para pagar a conta da internet apareceu (que eu tenha visto)!

Como poderia ter dito um economista famoso “ She moves in misterious ways

Adenda: o mail que aqui apresento é a serventia da casa, o poder redentor de um donativo não é alheio a um bloguista com princípios 🙂