"Declaração de amor à Economist"

Depois de já aqui ter trazido o metrossexual – uma curiosa invenção da Economist – encontro um assinante da dita que nos ressalta o delicioso lema desta muito educativa publicação. A reter: ” to take part in a severe contest between intelligence, which presses forward, and an unworthy, timid ignorance obstructing our progress.”
Para mais coisas interessantes no Terras do Nunca é ir aqui.

Ainda sobre imprensa/media, temo pela TSF. Espero que não se esteja em risco de desvirtuar a melhor rádio informativa de Portugal e arredores. As últimas notícias são no mínimo preocupantes…